quarta-feira, 21 de abril de 2010

Decida-se

Sumiu da minha vida pra nunca mais voltar
Voltou arrependida querendo retomar
Um passado que de verdade nunca existiu
Querendo esquentar agora o que sempre foi frio
Criar do nada um amor nunca sentido
Fala manso como se eu não tivesse sofrido
Queria ao menos poder tocar você de novo
Então lhe perdoar, te redimindo em meu corpo

Achei isso nos meus rascunhos e resolvi publicar, ainda que não faça nenhum sentido pra mim no momento.

Tenham um dia cheio de cor.